Registre-se agora
 
X

Fernando Matos's Blogs dos meus amigos

A colcha de retalhos Jellyweek

2664 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

, ,

A colcha de retalhos Jellyweek está pronta! Até 30 de agosto estará em exposição aqui na Moleque de ideias. No dia 31 de agosto, começará sua viagem pelo mundo, contando e continuando a materializar uma história de co-criação. Primeira parada: Frontiers-Cabardès, no sul da França, perto dos Pirineus. Vai ficar lá uma semana, de 2 a 9 de setembro, durante o Acampamento de Verão para... Leia o texto completo

A Moleque de Ideias

2679 dias atrás por Juliana   Comentários (0)

Outro dia estávamos, eu e Leila, vendo registros antigos da Moleque. Foi assim que, procurando no arquivo de 2003, encontramos os cadernos onde ela anotava, no começo das sessões, as ideias da minha turma, além de fazer observações sobre nós. Li tudo e, engraçado, lembrei de vários dos dias ali descritos, com seus detalhes e particularidades. Na manhã seguinte peguei para ver uma pasta com tudo o que eu fiz naquela... Leia o texto completo

Texto para abertura dos livros quadrados - relatórios escritos por mim em 2011

2707 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

,

Niterói, 14 de junho de 2012Este livro faz parte de uma série de três e apresenta os relatórios que fiz para apresentar para as crianças e seus pais as atividades desenvolvidas por elas aqui na Moleque de ideias.Aqui, as crianças vivem um ambiente propício ao seu desenvolvimento em três eixos principais: auto-estima, relacionamento em rede distribuída, autonomia no uso e desenvolvimento de tecnologia.O desenvolvimento da auto-estima... Leia o texto completo

Sim, nós temos três irmãs

2707 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

,

O nome delas é Joana, Gabriela e Aninha. Joana tem 11 anos, Gabriela tem 5 e Aninha tem 17. Eu gosto mais de todas. 

Briga.

2736 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

, ,

Um amigo meu me mandou esta notícia: "Briga entre alunos de Linhares, no ES, é filmada e vai para a Internet".
Li, assisti o vídeo e senti vontade de comentar. Então, lá vai.A pior violência aí para mim é o interesse em transformar criança em presidiário.

Os muros e as grades são o primeiro sinal de descaso com quem vive dentro e fora dos muros, nesta escola visualmente, pelo menos, totalmente dissociada da... Leia o texto completo

Pode ser que seja. E é.

2752 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

, , , ,

 

Uma vez o Luís Eugênio me ajudou a mudar de pensamento: eu fazia um discurso sobre um desenho "inacabado" e ele me disse "Mas pode ser que a criança esteja considerando acabado." Daí eu comecei a prestar mais atenção. 
Esta produção da Pietra me devolveu a este momento. Meu impulso inicial foi mostrar a ela a ferramenta "balde" ou então voltar o lápis para o estado "linhas sinuosas", porque para mim havia um... Leia o texto completo

Problema de matemática.

2753 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

,

Problema de matemática é 4 garotos quererem jogar sozinhos em 3 computadores e terem a oportunidade - finalmente! - de irem resolvendo o problema juntos, conversando entre eles, auxiliados e instrumentalizados para que cheguem a uma "conta certa". Divisão e multiplicação aqui se confundem, mas conversar soma. E sempre que o "professor" é a única ponte entre as crianças, ninguém aprende a falar com ninguém, todos aprendem... Leia o texto completo

Aprender é cheio de surpresa. Acontece muita coisa!

2771 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

, , ,

 
Uma das competências que aumentam a autonomia das crianças no uso de sistemas de informação é saber fazer login - cadastrar-se corretamente. São poucos os passos necessários: escolher o usuário "Moleque 1", digitar a senha "m" no campo correto e fazer com que o sistema receba e trate esta informação. É simples, três passinhos. Mas estas crianças estão com 5 anos de... Leia o texto completo

Sarah, 4 anos.

2784 dias atrás por Leila País de Miranda   Comentários (0)

, ,

Menina, 4 anos, com uma bolsa. Me chamou e me mostrou:  
- "Viu? Eu to de bolsa."
- "Tem coisa aí dentro?"
- "Tem."
- "E tem o quê?"
Pensou um pouquinho e concluiu:
- "Tem muita coisa importante aqui dentro." :)