Registre-se agora
 
X

Ideias de nomes

Nomes de arquivos e pastas

Procedimentos que favorecem a aprendizagem de: elementos de processamento de textos; uso e cuidados com o teclado; estrutura de diretórios; regras e técnicas de organização de informação e como estas influenciam a armazenagem/recuperação.

As técnicas para salvar (armazenar) um arquivo (representação digital de desenhos, fotos, textos, músicas...) são apresentadas assim que “guardar o seu trabalho sem ser imprimindo” começa a fazer sentido para as crianças.

As próprias crianças são incentivadas a darem nomes aos seus arquivos, mesmo que ainda não estejam completamente alfabetizadas, porque os arquivos estão sendo gerados e armazenados por elas. Surgem então nomes originais, estranhos, engraçados. Dar nome a um arquivo é também uma forma de expressão!

Ao preencher o campo com o nome do arquivo as crianças estão trabalhando com elementos básicos de processamento de textos: o cursor de texto, a posição do cursor, as setas de direção, as teclas de deleção, os diferentes modos de inserção de caracteres, procedimentos para acentuacão, tecla Shift, ou Caps Lock para maiúsculas/minúsculas... Lidam também com o limite de número de caracteres permitidos no campo e criam estratégias para lidar com estes limites.

Para dar nome a um arquivo, a regra básica é: nome do autor do trabalho + um nome para o trabalho e colocar o arquivo numa pasta previamente determinada. As crianças lidam então com a representação da estrutura de diretórios, com a navegação pela estrutura, com auxílios para busca e com os conceitos de armazenagem e recuperação de informação.

Acima um exemplo da estrutura de diretórios de um sistema operacional (OSX). À direita uma caixa de diálogo para armazenar um documento. Criar e organizar pastas em diretórios e identificar arquivos com nomes fazem sentido na hora de recuperar a informação armazenada.

Como as ferramentas de buscas estão cada vez mais eficientes e incorporadas aos sistemas operacionais, antevemos que a organização dos arquivos em diretórios poderá ser uma opção de melhor organização, mais do que uma necessidade ou uma obrigação. Algumas vezes, as crianças salvam seus trabalhos sem a preocupação de localizá-los e identificá-los de forma eficiente, e assim elas vivenciam as dificuldades de se encontrar tal arquivo posteriormente. Usando ferramentas de busca, elas conhecem outros critérios de identificação, como data e hora em que o arquivo foi salvo, nome parcial, tipo de arquivo - informações que definem critérios de buscas e permitem que o arquivo seja encontrado. De qualquer forma, o que fica claro para elas é que uma informação armazenada de forma eficiente e coerente vai ser localizada mais rapidamente.

Agora, apreciem a capacidade e a criatividade das crianças:

Nomes escritos de forma, digamos, DIFERENTE:

Nomes interessantes:

Nomes escritos com muito  e  s  p  a  ç  a  m  e  n  t  o.  E nomes lkqwdaslhukhjktrevosky:

 

Última atualização 3044 dias atrás por Leila País de Miranda